Aceite o dia
março 10, 2009

Éh! Como eu havia dito, esse blog aqui vai ser pros meus desabafos pessoais. Com bom humor ou não, quero aceitar o meu dia. Ok! O dia de hoje? Bom humor é o que eu mais queria.

Ontem fui durmir refletindo certas coisas da minha vida e, por mais que muita gente acha isso errado, sim! Eu acho pertinente algumas reflexões sobre suas próprias idéias, vontades, pensamentos e futuro. Só não acho necessário dizer ao pé da letra o que foi tudo aquilo, mas me peguei falando sozinho por horas. Sabe-se lá Deus até que horas essa conversa rendeu.

Uma tentativa de uma boa noite de sono, uma manhã tranquila e um sorriso que aumentou o tamanho ao tomar café com a irmã (digo a irmã de coração). Pois bem. A viagem até o trabalho foi com uma leitura prazerosa e um reencontro com um amigo (na verdade, amigo de amigo) que não via a um bom tempo. Ele sempre simpático. (Oi? Oi! Tudo bem? Tudo ótimo! Deixa eu voltar pra minha leitura). Até aí ok!

Eu só não entendo porque essa tal de internet, ao mesmo tempo que me alegra e me faz rir, é capaz de atingir algo de errado que tenho comigo (rezo pela “cura”) e ser capaz de destruir minha manhã tão facilmente. Mas tudo bem, estou aprendendo a domar meus sentimentos e logo logo isso passa. É bom pra aprender uma coisa:

“Se seu coração pede pra não fazer, LUCIANO, não faça!”

Agora deixa eu aproveitar esses tempos de “trabalho leve” e ver se algo me inspira o sorriso pra postar no 20 20 20.